sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Recepção de clientes


1. Como preparar a sala de trabalho
Ambiente  
Antes de iniciar os atendimentos do dia, a sala deve estar perfeitamente limpa e higienizada. Um aroma delicado (camomila, lavanda, eucalipto, erva doce ou capim cidreira) pode envolver todo o ambiente. Música ambiente suave, sala em penumbra, um roupão felpudo para acolher o cliente e muito silêncio. Tudo deve convidar ao relax, que é a palavra chave deste século. A pessoa que busca tratamentos de beleza entra num mundo onde alguns sentidos como tato, olfato, audição são mais importantes para que se tenha um real estado de relaxamento. Busque isolamento e tranqüilidade. A temperatura ambiente deve ser de aproximadamente 25 graus, não deve haver correntes de ar, para isso pode-se usar ar condicionado ou ventiladores de teto na função exaustor. Durante o inverno ou em dias mais frios, use mantas (soft) para aquecer o cliente. Use a manta térmica por baixo do lençol para que o divã fique previamente aquecido, assim, quando o cliente se deitar sentirá todo o conforto e acolhimento de uma cama aquecida. Em dias extremamente frios, além de tudo o que já foi dito, pode-se também pré aquecer a sala com aquecedor de ambiente.
Divã
Deve ser confortável e na altura indicada para que você trabalhe também confortavelmente. O lençol deve ser limpo e perfumado suavemente, bem macio. Pode-se usar lençol TNT, mas não proporcionará o mesmo conforto que um lençol de algodão. Lençol de papel é uma opção barata, mas empobrece todo o atendimento. Um travesseiro baixo, como o para bebês traz mais conforto para o cliente.

Cosméticos
Devem estar dispostos sobre a mesa ou balcão auxiliar, assim como todo o material a ser usado (algodão, gase, etc.). Certifique-se de que o cosmético a ser usado é o indicado para o biótipo cutâneo do cliente a ser recebido. Antes de passar qualquer creme sobre a pele do cliente, coloque o creme primeiramente em suas mãos para aquecê-lo e depois espalhe sobre a pele do cliente.
Cuidados pessoais
Lembre-se de que você é um profissional da beleza. Para que você possa passar uma imagem de credibilidade, profissionalismo e confiabilidade deverá estar atento à sua imagem pessoal. Então, sempre, sua Mão deve estar limpa, com unhas curtas e bem feitas, o esmalte claro. Seu cabelo, se for comprido, deve estar preso, e sempre limpo. Sua pele deve ser cuidada, bem hidratada ou com oleosidade controlada, apresentando eudermia. Jamais use anéis, relógio ou pulseiras. Se possível, trabalhe sentada, evite posições que prejudiquem a postura. Esteja atenta a posição de seu corpo, dê importância ao seu conforto, pois isso trará maior prazer ao trabalhar e precisão aos movimentos manuais. Use roupas adequadas e confortáveis que permitam movimento, sempre de cor clara, preferencialmente o branco. Prefira modelos clássicos, evitando decotes, rendas, transparências, roupa justa, mini saia e mini blusas que mostrem a barriga. A melhor roupa para trabalhar é calça ou bermuda de brim e camisetas de algodão Hering. Usar um jaleco é de bom tom. Os sapatos também devem ser brancos, evite chinelos, uma rasteirinha pode. Esteja atenta aos sapatos que devem estar sempre limpos.

2. como receber um cliente
O cliente , geralmente, telefonará para marcar um horário. Se você tiver uma secretária deverá treiná-la para que atenda bem aos clientes. Se você tiver uma secretária eletrônica, sempre retorne todas as ligações, de preferência no mesmo dia. Procure marcar clientes com uma certa folga no horário entre eles, pois do contrário, sua sala de espera pode ficar tumultuada com clientes insatisfeitos e nervosos pelo seu atraso. O próximo passo é preencher a ficha do cliente com sua qualificação ( nome, endereço, telefone, profissão, data de nascimento, indicação) e fazer a ficha de avaliação facial e/ou corporal. Fidelizar o cliente é objetivo a ser alcançado em toda área de atuação profissional que ofereça serviços. Conquistar e manter um cliente é tarefa difícil, porém realizável. Para isso, é fundamental garantir a qualidade do relacionamento interpessoal e da capacitação técnico-profissional do esteticista.
O bom atendimento é o primeiro passo na fidelização. Simpatia, receptividade, habilidade para ouvir e manter discrição, não emitir opiniões em questões da vida pessoal do cliente, não comentar sobre os seus problemas com o cliente. Manter o profissionalismo sempre, visto que nesta profissão nos tornamos muito íntimas do cliente, pois este freqüenta a cabine, geralmente, uma ou duas vezes por semana durante o ano inteiro. A massagem, é um toque muito especial e deixa o cliente à vontade para se “abrir”, contando sua vida pessoal. Portanto,saber ouvir e discrição são virtudes fundamentais nesta profissão.

3.)  COMPORTAMENTO PROFISSIONAL (ÉTICA E ESTÉTICA)
 Boa educação e um sorriso fazem toda a diferença e transparecem alegria pelo trabalho a realizar. Se você tem problemas, deixe-os para fora da cabine enquanto trabalha.você deve oferecer ao cliente exatamente o que ele deseja,se não for possível, a ética e a honestidade devem prevalecer. É importante não prometer o que não poderá cumprir e sempre informar o objetivo do tratamento e quais resultados serão alcançados, sempre explicando tudo com embasamento teórico conforme aprendido neste curso, porém, tendo o bom senso de não usar termos técnicos, pois o cliente poderá não entender nada e você passará uma imagem de arrogante. Se seu cliente for um profissional da saúde, tudo bem, você poderá usar termos técnicos, do contrário, procure usar uma linguagem de fácil entendimento.
Regras de ouro
Aprenda sempre: faça planos de crescer, estude, pesquise, participe de eventos, pergunte, investigue, duvide de milagres.
Dedicação ao seu crescimento pessoal: tenha um objetivo. Seja positiva e paciente.
Seja parte de algo maior que você: aquilo que fazemos é terapêutico e poderoso, aumentamos a auto-estima do cliente, porque ajudamos, aliviando o estresse, a solidão, os problemas inestéticos.
Seja condutora do bem estar: seja positiva, alegre, mas não brincalhona. Lembre-se que o cliente veio para momentos prazerosos e positivos.
Doe-se: faça sempre o seu melhor, sem que para isso precise comentar negativamente sobre outros colegas de trabalho. Para o cliente isso não interessa, se ele te escolheu, é porque te acha melhor. Devemos ser um veículo de calma e serenidade. Tenha a mente sempre voltada para o seu maior patrimônio: o cliente.
A responsabilidade do toque: neste momento, o cliente deve ser “único”. Devemos tocar pessoas com respeito e devoção. Devemos transmitir segurança, confiança, conforto, afeto.
Procure entender ao invés de ser entendida: quando nos dispomos a compreender o cliente, há uma melhor comunicação e entendimento entre as partes.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário